O que é o Bloco K?

BLOCO K

O que é o Bloco K?



O Bloco K é um dos blocos de informações do SPED FISCAL (EFD ICMS/IPI), que apresenta em formato digital o Livro Registro de Controle da Produção e do Estoque. Ele está diretamente relacionado ao estoque e controle de produção, fornecendo informações sobre os itens produzidos, insumos e estoque final já escriturado, com base nos documentos fiscais e nos documentos de uso interno do estabelecimento.
Em resumo, o Bloco K é a parte do SPED Fiscal que se destina a prestar informações mensais sobre a produção, consumo de insumos e sobre os estoques.

Quando começou o Bloco K?

O cronograma de implantação do projeto teve início em 2017 e se estende até 2022, com medidas tornando-se válidas ano após ano.

Qual o cronograma de entrega do Bloco K?

Desde 1° de janeiro de 2017 os estabelecimentos industriais com CNAE de 10 a 32 e cujo faturamento seja igual ou superior a R$ 300 milhões devem fazer as entregas. Os estabelecimentos que faturam acima de R$ 78 milhões começaram a entrega em 1° de janeiro de 2018.
Os demais estabelecimentos industriais classificados nas divisões 10 a 32 da CNAE - independente do faturamento - estarão obrigadas à partir de 1º de janeiro de 2019.
É importante lembrar que, inicialmente, serão exigidas somente as informações dos estoques (Registros K200 e K280), ficando a exigência das demais informações para um momento futuro.

Como deve ser gerado?

O arquivo SPED deve ser gerado mensalmente pela empresa e enviado para a Receita, via internet.

Quais são as informações da minha empresa que estarão no bloco K?
Primeira etapa:
  • A quantidade em estoque de cada tipo de produto
  • Os materiais de propriedade da empresa e em seu poder
  • Os materiais de propriedade da empresa e em poder de terceiros
  • Os materiais de propriedade de terceiros em poder da empresa
Futuramente:
  • A quantidade produzida de cada tipo de produto
  • A quantidade de materiais que foi consumida
  • A quantidade que foi produzida em terceiros
  • A quantidade de materiais consumida na produção em terceiros
  • As movimentações internas de estoque que não estejam diretamente relacionadas à produção
  • A lista de materiais de todos os produtos que são fabricados por produção própria e por terceiros

Caso a minha empresa não entregue o bloco K, o que pode ocorrer?

Se a empresa não apresentar essas informações – ou ainda apresentá-las, mas com erros – além do pagamento de multas, até mesmo a emissão de notas fiscais eletrônicas poderá ser suspensa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagem em destaque

Mapeie as ruas da sua cidade com fotos - OpenStreetCam

OpenStreetCam é uma plataforma gratuita e aberta para imagens no nível da rua. Qualquer pessoa pode contribuir com imagens com um smartphone...