60.000 eBooks gratuitos - Projeto Gutenberg

Há mais de quatro décadas que o Project Gutenberg vem funcionando no meio digital. Esta iniciativa voluntária do americano Michael S. Hart visava a criação e distribuição de ebooks (Michael S. Hart é apontado como o criador dos livros digitais). Dispondo de um acervo com mais de sessenta mil títulos, a maior parte das obras existentes são de domínio público e vão ao encontro dos objetivos de promover, para qualquer público, a diversidade literária e científica existente.

A designação do projeto remete para a figura de Johannes Gutenberg, criador da prensa amovível e, desta forma, promotor de um novo método de difusão de conhecimento e de cultura por todo o mundo. Obras como a Bíblia foram assim propagadas pelo mundo, o que permitiu consciencializar e instruir bastantes países e dar o mote para a idealização e formalização do Iluminismo. A prensa criada por este alemão tornou-se fulcral na edificação de um mundo com muito maior acesso à informação e ao conhecimento, estes outrora limitados às classes assalariadas e para os eclesiásticos.

Os ficheiros estão disponibilizados em diversos formatos, incluindo em texto livre, HTML, PDF e até em EPUB. Com a maior parte dos ebooks a estar redigida em língua inglesa, há, apesar disso, também uma grande quantidade redigidos em língua portuguesa, veja a lista de idiomas logo abaixo. Diversos autores, tais como Fernando Pessoa, Eça de Queirós ou Cesário Verde, figuram no top-100 de transferências em português a partir deste repositório cultural.
Para a consolidação da extensa biblioteca digital, existem projetos afiliados de cunho regional e/ou nacional que disponibilizam alguns dos trabalhos do seu espectro geográfico; para a retificação de eventuais erros das obras digitalizadas, existe uma ligação com uma comunidade denominada Distributed Proofreaders.

O Projeto Gutenberg é de acesso livre e público e encontra-se. Para a sustentação do projeto, existe a possibilidade de se efetuar doações monetárias, isto para além das relações existentes com diferentes instituições que credibilizam toda esta iniciativa, que leva já quase meio século de existência.

Lista de idiomas disponíveis:

Idiomas com mais de 50 livros: Chinês, Dinamarquês, Holandês, Inglês, Esperanto Finlandês Francês Alemão Grego Húngaro Italiano Latim Português Espanhol Sueco Tagalo

Idiomas com até 50 livros: Afrikaans Aleut Árabe Arapaho Bodo Breton búlgaro Caló Catalão Cebuano Checa Estónia Farsi Frisian Friulian gaélico, escocês galego Gamilaraay grego, antigo Hebrew Icelandic Iloko interlíngua inuktitut Irish japonês Kashubian Khasi coreano lituanos Maori maias idiomas Inglês Médio Nahuatl Napoletano-Calabrese Navajo norte-americana indiana Norueguês Occitânico Ojibwa Antigo Inglês Polonês Romeno Russo Sânscrito Sérvio Esloveno Tagabawa Telugu Galês Iídiche






Lista dos TOP 100 autores ontem (15/09/2019)




  1. Charles Dickens
  2. Jane Austen
  3. Arthur Conan Doyle
  4. Mark Twain
  5. Platão
  6. James Alexander Robertson
  7. Benjamin Jowett
  8. Emma Helen Blair 
  9. Hall, J. Lesslie (John Lesslie)
  10. Edward Gaylord Bourne
  11. Robert Louis Stevenson
  12. Oscar Wilde
  13. Edgar Allan Poe
  14. Mary Wollstonecraft Shelley
  15. Lewis Carroll
  16. William Shakespeare
  17. Jonathan Swift
  18. Homer
  19. Wells, H.G. (Herbert George)
  20. Leo graf Tolstoy
  21. Nathaniel Hawthorne
  22. Fyodor Dostoyevsky
  23. Herman Melville
  24. Alexander Pope
  25. Henry David Thoreau 
  26. Friedrich Wilhelm Nietzsche
  27. Rudyard Kipling
  28. Joseph Conrad
  29. Henrik Ibsen
  30. Henry James
  31. Charlotte Perkins Gilman
  32. James Joyce
  33. Jack London
  34. Theodore Alois Buckley
  35. Franz Kafka
  36. Bram Stoker
  37. Constance Garnett
  38. Alexandre Dumas
  39. Benjamin Franklin
  40. David Widger
  41. Alexander Humboldt
  42. Andrew Lang
  43. Hugo Ziemann
  44. Gillette, F.L. (Fanny Lemira)
  45. Washington Irving
  46. Victor Hugo
  47. Henry Morley
  48. Jacob Grimm
  49. Wilhelm Grimm
  50. David Wyllie
  51. Louisa May Alcott
  52. Mary White Rowlandson
  53. Hermann Hauff
  54. Chesterton, G.K. (Gilbert Keith)
  55. Jules Verne
  56. John Leech
  57. Du Bois, W.E. B. (William Edward Burghardt)
  58. Bertrand Russell
  59. Dante Alighieri
  60. Montgomery, L.M. (Lucy Maud)
  61. Niccolò Machiavelli
  62. Louise Maude
  63. Baum, L. Frank (Lyman Frank)
  64. John Stuart Mill
  65. Charlotte Brontë
  66. Aylmer Maude
  67. Bernard Shaw
  68. Michel de Montaigne
  69. Barrie, J.M. (James Matthew)
  70. Marriott, W.K. (William Kenaz)
  71. Agatha Christie
  72. Ralph Waldo Emerson
  73. Gustave Doré
  74. Daniel Defoe
  75. William Carew Hazlitt
  76. Townsend, F.H. (Frederick Henry)
  77. Anton Pavlovich Chekhov
  78. Johann Wolfgang de Goethe
  79. Martha Foote Corvo
  80. José Rizal
  81. Antonio Pigafetta
  82. Frederick Douglass
  83. Alan Edward Nourse
  84. Charles Cotton
  85. Ambrose Bierce
  86. Walter Scott
  87. Wodehouse, P. G. (Pelham Grenville)
  88. Edith Wharton
  89. Walt Whitman
  90. Ayn Rand
  91. Richard Francis Burton
  92. Kate Chopin
  93. Isabel Florence Hapgood
  94. Kemble, E.W. (Edward Windsor)
  95. Riley, Henry T. (Henry Thomas)
  96. Robert Emmett Owen
  97. Honoré de Balzac
  98. Voltaire
  99. Frances Burnett Hodgson
  100. Guy de Maupassant

Acesse: https://www.gutenberg.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagem em destaque

Sistema operacional para projetos de IoT - Raspbian

Enquanto o Raspberry Pi foi concebido como um dispositivo educacional, muitos desenvolvedores começaram a usar esse computador do t...