O que é o movimento okupa ?


Okupa é um termo anarquista, derivado da palavra ocupação; seu equivalente em inglês é squat. O termo faz referência especificamente ao ato de ocupar um espaço ou construção, abandonada ou desabitada, sem permissão de seus proprietários legais, não para transformá-lo numa propriedade privada, a ser alugada ou vendida, mas com o objetivo de criar uma esfera de sociabilidade e vivência libertária. Para os contrários ao movimento, tais ocupações nada mais são que invasões de propriedade.

Okupas são mais comuns nas áreas urbanas do que em espaços rurais, especialmente em áreas de grande especulação imobiliária e deterioração urbana. Este tipo de ocupação tem como fim a abolição da propriedade privada, e portanto difere daquela defendida por movimentos como o Movimento dos Sem Terra que defendem uma reforma em que a propriedade seja dividida entre as partes em porções menores, geralmente uma okupa tem seu espaço integralmente coletivizado.

No Brasil, uma das entidades que organiza a ocupação de prédios abandonados é a Frente de Luta por Moradia. Há urbanistas[quem?] que entendem que a reforma de prédios abandonados é uma das soluções para problema de moradia nas grandes cidades.

No Reino Unido, as ocupações foram consideradas legais quando se tratavam de edifícios habitáveis que permaneceram vazios por mais de um ano, e quando o proprietário não tinha um plano de ação imediata para uso do edifício.

Continue lendo....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagem em destaque

O que um Traffic Manager ou Gerente de Trafego faz ?

O que é um gerenciador de tráfego? Um gerenciador de tráfego refere-se a um trabalho em dois campos diferentes. Existem gerentes de tráfe...