Os 15 melhores plugins WordPress para colocar banners de anúncios no site


Meks Easy Ads Widget plugin é um ótimo plugin de banners para WordPress. Ele te permite exibir anúncios gráficos ou de código em suas barras laterais do WordPress usando widgets.

Você pode exibir um ou mais anúncios de um tamanho de sua escolha em um único widget e especificar a imagem e o link, ou um código para cada banner ou anúncio.

14. AdSanity



O AdSanity é um plugin de banners para WordPress bastante intuitivo para iniciantes. Ele permite que você insira facilmente banners e anúncios em qualquer lugar do seu site usando widgets e o botão de inserção de anúncios no editor visual.

Ele suporta banners gerenciados diretamente por você, bem como redes de anúncios externos como o Google Adsense. Ele também vem com recursos avançados, como programação de anúncios, grupos de anúncios, inserção de um único anúncio ou grupo de anúncios, monitoramento de visualizações/estatísticas e muito mais.

Você pode criar quantos anúncios quiser e adicioná-los facilmente com widgets personalizados, códigos de acesso ou usando o botão de inserção dos banners diretamente no editor visual de postagens. Você também pode inserir blocos de anúncios em postagens específicas no WordPress. Isso permite otimizar o desempenho do anúncio sem editar seus arquivos de tema.


O AdRotate é outro poderoso plugin de gerenciamento banners e anúncios para WordPress adequado para usuários iniciantes e avançados. Suporta diversos tipos de anúncios, como banners hospedados na biblioteca de mídia ou anúncios externos como Google Adsense.

Ele permite criar facilmente anúncios e grupos de anúncios e inseri-los em suas postagens do WordPress usando códigos de acesso. Você também pode inserir anúncios em widgets/sidebars usando widgets personalizados. Ele oferece estatísticas básicas para monitorar impressões de anúncios, o que é particularmente útil se você estiver vendendo anúncios diretamente em seu site. ainda possui um sistema de injeção de banners nos posts, permitindo que você decida em qual posicionamento de um post o banner pode ser exibido ou até mesmo em determinados widgets de acordo com posts de determinadas categorias.

Está disponível como um plugin gratuito, que funciona bem para a maioria dos pequenos blogs e sites. Você precisará da versão Premium deles se quiser usar recursos avançados, como segmentação geográfica, “disfarce” do Adblock, anúncios para dispositivos móveis, gerenciamento de mídia/ativos e muito mais.

Top 5 sites para testar a velocidade da internet


O SpeedTest.net é um dos mais populares serviços para você testar a velocidade de sua conexão de internet. Ele usa centenas de servidores espalhados pelo mundo, que geram resultados muito confiáveis no tempo de resposta do ping (latência), no teste de velocidade de download e upload.


nPerf é outro excelente site para você testar a velocidade da sua conexão de internet. Ele realiza  teste de download, upload e latência e pode ser usado para testar a velocidade de qualquer tipo de conexão de internet, tal como ADSL, VDSL, cabo, fibra ótica, satélite, wi-fi, wimax, celular, etc.

 




O Fast.com é um serviço criado pela Netflix que oferece uma forma simples de medir a velocidade da sua conexão. Diferente de outros serviços, ele mede somente a velocidade de download e usa os servidores do Netflix, que na maioria dos casos irá gerar resultados abaixo da velocidade real.



O Speed.io é outro serviço online que lhe oferece uma forma fácil de verificar a velocidade de sua  conexão de internet banda larga. O serviço executa testes de velocidade de download e upload e verifica o tempo de resposta, conectividade e exibe os resultados de uma forma fácil de entender.



O teste de velocidade do BrasilBandaLarga é um teste oferecido pela EAQ (Entidade Aferidora da Qualidade). Com ela você pode medir a qualidade da sua conexão de banda larga fixa e móvel, e verificar os resultados do teste de download, upload e latência, bem como o histórico de medições.

Treino de alta intensidade TABATA

O método de Tabata é um tipo de treino de alta intensidade, como o HIIT, que permite queimar gordura, tonificar o corpo e secar a barriga gastando apenas 4 minutos por dia. Dessa forma, este é o plano de treino ideal para quem tem pouco tempo depois do trabalho para ir na academia, por exemplo.

Durante este plano de treino são feitos 8 exercícios diferentes que trabalham vários grupos musculares durante 20 segundos, intercalados com 10 segundos de descanso entre cada um. Durante os 20 segundos de exercício deve-se tentar fazer o máximo de repetições possíveis. Isto permite otimizar a queima de gordura localizada ao mesmo tempo que tonifica os músculos, deixando-os mais fortes.

Uma vez que o método de Tabata é um treino de elevada intensidade ele é aconselhado principalmente para quem já pratica alguma atividade física.

Plano de treino completo
Antes de iniciar o plano de treino deve ter perto de você um cronômetro para monitorizar corretamente o tempo que está fazendo o exercício. Os exercícios são:

1. Mountain Climbers

Este exercício é excelente para trabalhar os músculos das pernas, costas e, especialmente, do abdômen. Para fazer deve colocar-se na posição de prancha, como se fosse fazer uma flexão, mas, mantendo os braços esticados, dobre um joelho e puxe-o até perto do peito. Vá alternando as pernas como se estivesse escalando uma montanha.

Tempo de exercício: 20 segundos + 10 segundos de descanso.

2. Agachamentos

O exercício de agachamento permite tonificar os músculos dos glúteos e das coxas. Faça um agachamento tradicional e volte a subir. Depois desça novamente para a posição de agachamento sem mexer os pés e repita até ao final do tempo. Para fazer este exercício é fundamental manter uma boa postura, por isso veja como fazer um agachamento corretamente.

Tempo de exercício: 20 segundos + 10 segundos de descanso.


Clipe do meme do velho gritando

Kirin J Callinan - Big Enough (Official Video) ft. Alex Cameron, Molly Lewis, Jimmy Barnes

3 formas de saber se leram os seus emails

 



1. Recibos de leitura

Os recibos de leitura são, talvez, a forma mais antiga de saber se leram os seus emails. É, em simultâneo, uma das maneiras mais fiáveis de o saber, visto receber o recibo de forma praticamente automática assim que abrem as suas mensagens.

Apesar de seguros, os recibos podem ser algo manipuláveis. Isto acontece porque, assim que o seu email é aberto pelo recetor, é pedido ao mesmo se permite que o recibo de leitura seja enviado ao emissor.

Ao negar a possibilidade, nunca irá receber o recibo de leitura do email que enviou. Por isso, esta é uma forma que pode, muitas vezes, não ser a solução mais indicada para este problema.

Outro dos problemas dos recibos de leitura é o facto de não serem transversais a todos os softwares de email, como é o caso do Gmail. Os recibos funcionam bem, no entanto, em programas como o Outlook, mas têm de ser ativados.

Para isso, só precisa de aceder às Opções do Outlook e selecionar, na caixa de verificação correspondente, que quer receber um recibo do email que está prestes a enviar.

2. Utilizar uma extensão

Hoje em dia, existem algumas extensões associadas a serviços como o Gmail que permitem saber se os seus emails foram lidos. Uma delas é a Mailtrack, cuja instalação é simples e fica, desde logo, associada à sua conta de email.

A versão gratuita deverá chegar-lhe caso utilize produtos da Apple porque, se quiser que a extensão funcione num Android, terá de pagar.

Depois de instalar a extensão no seu computador, é hora de a testar. Para isso, precisa de criar um novo email e, se o Mailtrack tiver sido corretamente instalado, irá surgir um ícone com dois sinais de verificação verdes no menu inferior, ao lado do botão de envio.

Carregue no ícone e certifique-se de que a extensão está ativa. Depois, proceda com a escrita do email e, no final, envie-o. Assim que o mesmo for lido, será notificado através do Mailtrack.

3. Utilizar um programa de tracking

A melhor forma de saber se leram os seus emails em contexto empresarial é utilizar um software dedicado de tracking, que permite seguir todos os emails que envia e saber quem os leu e a que horas.

Dois dos programas mais conhecidos são o Bananatag e o Contact Monkey. Ainda que diferentes, ambos os serviços oferecem funcionalidades semelhantes, entre elas o rastreio de emails.

Ambos representam ótimas soluções para empresas, onde várias pessoas trabalhem e estejam envolvidos no envio e receção de emails. Contudo, as vantagens deste género de softwares não termina aqui.

Funcionalidades como, por exemplo, a criação de newsletters é igualmente possível através da utilização de programas como estes, pelo que essa é uma das grandes mais mais-valias em contexto empresarial.


Site oficial da AACD

 


A AACD é uma organização sem fins lucrativos focada em garantir assistência médico-terapêutica de excelência em Ortopedia e Reabilitação. A Instituição atende pessoas de todas as idades, recebendo pacientes via Sistema Único de Saúde (SUS), planos de saúde e particular.

Acesse: https://aacd.org.br/

Site oficial da Associação Brasileira de Desenvolvimento

 



Criada em 1969, a Associação Brasileira de Desenvolvimento reúne as Instituições Financeiras de Desenvolvimento (IFDs) espalhadas por todo o país – entre bancos públicos federais, bancos de desenvolvimento controlados por estados da federação, bancos cooperativos, bancos públicos comerciais estaduais com carteira de desenvolvimento e agências de fomento –, além da Finep e do Sebrae. Juntas, essas instituições compõem o Sistema Nacional de Fomento (SNF).

A ABDE define estratégias e executa ações indutoras do fortalecimento do SNF. Aprimorar a atuação dos associados é meta constante da Associação, para que as IFDs financiem com eficiência o desenvolvimento brasileiro.

Acesse: https://abde.org.br/

Site oficial da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias - ABCR

 


A Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias - ABCR representa o setor de concessões de rodovias, que é formado por 47 empresas privadas e associadas, que atuam em 12 estados do País (Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo) e Distrito Federal. São 16 concessionárias federais, 30 estaduais e 1 municipal. Essas concessionárias operam 15.616 quilômetros de rodovias, o que corresponde a 7,0% da malha rodoviária nacional pavimentada. Com sede em São Paulo e Diretoria Regional no Distrito Federal, a ABCR vem contribuindo de forma relevante para a institucionalização do setor no País, na medida em que atua na defesa dos interesses de suas associadas e no suporte ao aperfeiçoamento do desempenho das empresas.



Site oficial da Associação Brasileira de Estudo das Abelhas (A.B.E.L.H.A.)

 


A Associação Brasileira de Estudo das Abelhas (A.B.E.L.H.A.) é uma associação civil, sem fins lucrativos e conotação político-partidária ou ideológica, com o objetivo de liderar a criação de uma rede em prol da conservação de abelhas e outros polinizadores.

Sua missão é reunir, produzir e divulgar informações, com base científica, que visem à conservação da biodiversidade brasileira e à convivência harmônica e sustentável da agricultura com as abelhas e outros polinizadores.

A A.B.E.L.H.A. atua de forma a contribuir para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) contidos na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas. Saiba mais em https://abelha.org.br/conservacao-de-olho-no-futuro/

Acesse: https://abelha.org.br/


Como fazer um site grátis


1. Wix

Uma das plataformas mais conhecidas quando o assunto é “como fazer um site grátis” é o Wix. É, sem dúvida, um dos softwares mais bem cotados e fáceis de utilizar – até mesmo para quem nunca lidou com a construção de um site.

Tudo o que precisa é de criar uma conta nesta plataforma e uma boa dose de criatividade. Tem dezenas de templates à sua espera, que pode facilmente personalizar. Também pode construir o seu site de raiz, com todas as fotografias, vídeos e documentos que quiser.

O Wix é uma excelente opção para construir, por exemplo, um portfólio online e tem ainda a vantagem de ter vários tutoriais que lhe explicam como é trabalhar no mundo webdesign. Bastam uns segundos de procura para aceder, ainda, a tutoriais sobre linguagem de código mais específica e avançada.


2. WebNode

À semelhança do Wix, também o WebNode tem disponíveis dois modos de funcionamento distintos: um gratuito e um pago – mas não se preocupe, já que este último se destina a um nível mais avançado de construção de sites.

Este plataforma tem mais de 27 milhões de utilizadores e é capaz de suportar modelos como lojas online, blogs ou até mesmo portefólios. Em poucas palavras, o WebNode faz quase tudo e é também compatível com Android, Mac e iOS – de forma a que o seu design não desformate consoante os dispositivos através dos quais é acedido.


3. IM Creator

O IM Creator suporta vários tipos de templates (de uma ou de várias páginas) e é, por esse e por outros motivos, uma das melhores respostas à pergunta sobre como fazer um site grátis. Segundo a empresa, esta plataforma foi utilizada para construir mais de 10.000,000 de sites por todo o mundo.

É muito user friendly, o que significa que rapidamente percebe o método de funcionamento, bem como a forma como acrescenta os conteúdos que pretende. Suporta, também, lojas online e blogs, por isso pode mesmo tornar-se no seu próximo melhor amigo na web.


4. Site123

Tão simples como o próprio nome indica. O Site123 é outras das opções que aqui lhe apresentamos e que vale muito a pena. Na verdade, esta plataforma é considerar como uma das mais simples de utilizar, por isso não tem de se preocupar com uma possível falta de experiência, já que ela não vai pesar na construção do seu próprio site.


5. Weebly

O Weebly é uma plataforma muito utilizada por negócios pequenos/médios e também por start-ups. É uma ferramenta muito útil e ajuda-o em todos os passos indispensáveis à construção de um site, como por exemplo o alojamento do mesmo e ainda o registo do próprio domínio.

Quanto ao conteúdo, vai perceber que basta arrastar e largar os seus textos, fotografias, vídeos, gráficos ou documentos nos sítios que deseja.

10 sites pra te ajudar a se tornar um Nômade Digital

 Sites para ganhar grana na estrada

Speedlancer.com

O speedlancer é uma plataforma com ofertas de trabalhos freelancer com um diferencial: o tempo de entrega!  Os trabalhos oferecidos são rápidos (até 4 horas). Se você trabalha com design, se escreve profissionalmente (em inglês) ou se trabalha com tecnologia da informação, a plataforma é uma ótima opção pra descolar serviços rápidos, o que é perfeito pra quem está vivendo na estrada.

As vagas para novos speedlancers são postadas nesse endereço: https://speedlancer.com


Peopleperhour.com

Na mesma linha do Speedlancer, o Peopleperhour como diz o nome conecta empresas que estão procurando profissionais para desenvolver projetos nas áreas de desenvolvimento web, design, conteúdo e marketing pagando por hora.

Site: https://www.peopleperhour.com/


Jobbatical

Boa parte das ofertas são para trabalhos ligados a área de Tecnologia e por períodos que variam entre 3 e 12 meses de duração. Além do trabalho temporário, que pode servir de ajuda à mochilada, o site tem opções em vários destinos de sonho para qualquer viajante e ou destinos que seguramente servirão de base para os deslocamentos mundo afora.

Site: https://jobbatical.com


Remote OK

Oportunidades de trabalhos freelancer em diversos lugares do mundo.

Site: https://remoteok.io/


Nomad List

O Nomad List mostra quais são os lugares mais baratos são para viver e trabalhar como nômade digital.  Você pode filtrar os locais por valor , qualidade de conexão internet, segurança, clima entre outras opções. Ótima ferramenta pra você ter uma noção do custo de vida em cada lugar.

Site: https://nomadlist.com/

Sites para trabalho voluntário

Idealist.org

O idealist.org é uma plataforma que conecta mais de 120.000 ongs com pessoas que estejam procurando vagas para trabalho voluntário. São mais de 12.000 vagas em todo o mundo.

Site: http://www.idealist.org/


Work Exchange

Na hora do aperto na estrada você também tem a opção de trocar trabalho por estadia, essa é o foco dos sites abaixo


Workaway

O Workaway é um projeto que utiliza o trabalho voluntário para promover intercâmbio cultural. A plataforma conecta pessoas que necessitam de voluntários para trabalho temporário com viajantes de todo o mundo.  Nós já postamos aqui o relato da Raphaela Luz que está viajando o mundo com seu a família utilizando a plataforma e você pode conferir também o vídeo abaixo.

Confira aqui o post, no qual a Raphaela dá dicas de como criar um ótimo perfil e ser aceito no Workaway.

Site: http://www.workaway.info

wwoof

WWOOF é uma plataforma que conecta voluntários com produtores e agricultores orgânicos em todo o mundo.  Os viajantes ajudam excutando diversas tarefas nas fazendas orgânicas, geralmente trabalhando meio expediente em troca de hospedagem e alimentação.

Site: http://wwoof.net/


Sites para trocar trabalho por hospedagem


Wolrdpackers

O site Worldpackers reúne oportunidades para quem quer viajar e trabalhar pra seguir viajando. De acordo com um dos criadores do projeto, Ricardo Lima, o conceito é muito simples: “você colabora durante algumas horas por semana (20-24 na média) para hostels em qualquer continente e, em troca, não paga nada para dormir e às vezes, ganha comida e um dinheiro extra. O ‘trabalho’ é algo bem divertido e muito simples, incluindo recepção, DJ, líder de pub crawl, limpeza, artes, ensino de línguas, marketing digital e vários outros.”
Hoje o site conta com centenas de opções em vários países. “A ideia é que cada um viaje o mundo usando seus dons e habilidades e, como o hostel já tem uma cama livre, ele só tem a ganhar com isso”, ressalta.


HelpX

Outra dica para conhecer algumas ofertas é o portal HelpX, iniciativa do inglês Rob Prince, que esteve um bom tempo viajando pela Oceania pagando suas estadias com horas de trabalho e que, anos mais tarde sofreu um acidente de parapente que o deixou com mobilidade limitada. O tempo de recuperação foi o impulso para criação do site. Hoje, recuperado Rob voltou a viajar e em suas andanças busca parceiros para o HelpX.

Como encontrar a URL do feed RSS ?


Você pode usar o Feedburner do Google:

https://feedburner.google.com/

Ao abrir esse link, se já estiver conectado à sua conta do Google, você verá no canto superior direito a seleção 'Meus Feeds'. 
É onde você pode criar um feed para o seu blog.
Depois de selecionar 'Meus Feeds', você verá esta opção na página:
"Grave um feed agora mesmo.  Digite seu blog ou endereço de feed aqui" - referindo-se à caixa de texto abaixo dessas palavras. 
Copie e cole o url da página inicial do seu blog na caixa.
Em seguida, selecione 'próximo'.
Siga todas as etapas que o feedburner irá percorrer.
O url dos feeds será semelhante a este:
http://feeds.feedburner.com/ então o título do seu blog estará aqui.

Buscador que respeita sua privacidade e não manipula os resultados de pesquisa

 

Qwant, o motor de busca que respeita a sua privacidade
Projetado e com sede na França, Qwant é a primeira ferramenta de busca que protege a liberdade de seus usuários e garante a preservação do ecossistema digital.

Acesse: https://www.qwant.com/?l=pt

Ouça rádios do mundo todo

 



Com o Streema, você pode pesquisar e organizar suas estações favoritas com apenas alguns cliques em uma plataforma intuitiva baseada na web. O resultado é a sintonização do rádio tão simples quanto deveria ser!

Acesse: https://pt.streema.com/

Calcular folha de ponto online - Calculadora online

Você quer saber quanto tempo você trabalha, ou quer saber se o horário de almoço conta como hora trabalhada, veja essa calculadora de ponto.

calcular-folha-de-ponto-online-calculadora-online

Blog para viajantes mochileiros

 


O blog da comunidade Mochileiros.com, passa (em março de 2018) a abrigar o conteúdo do antigo blog Mochila Brasil, site que nasceu em 1998/1999 como uma revista-web destinada a mochileiros/viajantes independentes.

Já naquele ano, sob o já extinto domínio www.mochillabrasil.cjb.net (hospedado no também já extinto Geocities) foi o primeiro órgão de imprensa nacional a falar de Turismo Backpacker, ou Turismo mochileiro.

Em termos de conteúdo, trazendo-o para os dias de hoje, podemos considerá-lo um blog de viagem (talvez dos primeiros). Naquele tempo ainda não havia as ferramentas de blog, mas nosso conteúdo era tão empolgante quanto hoje e dele nasceu a comunidade Mochileiros.com, referência no assunto em língua portuguesa.

Em 2000 surgiu sob seu endereço oficial e definitivo www.mochilabrasil.com.br e de 2002 a março de 2018 fez parte da estação Viagem do portal UOL.


Acesse: https://www.mochileiros.com/blog/

Empresa especializada em previsão meteorológica

 



Acesse: https://www.accuweather.com/en/br/national/satellite

Como bloquear anúncios no Android

 


1. Através do Opera

O Opera é um dos browsers mais utilizados a nível mundial e, se for esse o que usa, o bloqueio dos anúncios será muito mais fácil e rápido. Porquê? Porque, se utilizar a aplicação deste motor de pesquisa, não precisa de fazer (absolutamente) nada.

O Opera bloqueia os anúncios no Android automaticamente graças a uma atualização recente. Isto significa que não precisa de se preocupar em eliminar a publicidade manualmente, porque o software faz tudo por si.

Esse update trouxe, também, a possibilidade de utilizar navegação privada através de um VPN que já está instalado na app. Ainda assim, pode sempre consultar os melhores VPN para Android.

2. Utilize o Adblock Browser

O nome soa-lhe familiar? É normal. O Adblock Browser foi criado com base na extensão para browsers que existe atualmente. O Adblock é tão usado que surgiu a ideia de replicar para um aplicação, mais propriamente para um motor de pesquisa.

Ao fazer o download deste browser, não precisa de se preocupar com quaisquer anúncios, porque esses serão automaticamente bloqueados pelo software sem que tenha de se preocupar com medidas adicionais.

3. Bloqueie os anúncios através do Chrome

Se utiliza o Google Chrome, também há uma forma de bloquear os anúncios no Android – ainda que esta medida só atue sobre os pop-ups. Para isso, só precisa de abrir o browser e carregar nos três pontos verticais no canto superior direito.

Aceda às Definições do Chrome e, depois, às Definições de sites. Faça scroll e entre no menu de pop-ups, onde deve bloquear esses mesmos anúncios.

4. Utilize o Lite Mode

O Lite Mode é conhecido por apenas disponibilizar o conteúdo e funcionalidades estritamente necessárias à navegação em mobile. Ao fazê-lo, exclui tudo aquilo que não é necessário para o browser funcionar – neste caso, o Google Chrome.

Ao ativar o Lite Mode, ocupa menos espaço no dispositivo e consome menos dados móveis, caso os esteja a utilizar. Ao fazê-lo, bloqueia também, de forma automática, todos os anúncios que façam parte da versão desktop de uma página.

Para ativar este modo, aceda às Definições do Chrome através dos três pontos verticais que surgem no canto superior direito. Pesquise o Lite Mode e ative-o para começar a utilização.

As 5 melhores alternativas ao Office da Microsoft

5. FreeOffice



A última versão do FreeOffice saiu em 2016 e é totalmente compatível com DOC, DOX, XLS, XLSX, PPT, o que faz desta uma escolha segura, visto que não há problemas de compatibilidade. A interface deste software é agradável e parecida com o Word e o Excel. O FrreeOffice tem ainda a vantagem de permitir a criação de ficheiros PDF e/ou ePUB e tem corretor automático. Está disponível para Windows, Android e Linux.

4. LibreOffice



As diferenças entre o LibreOffice e o Microsoft Office ainda são algumas, mas a compatibilidade não falha. O LibreOffice é suportado por uma vasta comunidade open source, que continua a criar extensões para equipar as aplicações com novas características. Esta alternativa é altamente personalizável e é uma escolha muito sólida para quem procure uma ferramenta de trabalho competente e compatível com outro software. Está disponível para Windows, MacOS e Linux.

3. WPS Office




Um excelente clone do Office, com Writer, Presentation e Spreadsheet. A compatibilidade com o Office é completa, e tem um extra: uma ferramenta para PDF que permite exportar e importar para diferentes formatos. Outro bónus desta aplicação é estar disponível para dispositivos móveis (Android e iOS).

Mesmo a interface do WPS Office é muito semelhante à do Microsoft Office. Mas nem tudo é cópia, pois este software tem algumas funcionalidades próprias: permite mudar o layout do parágrafo com o rato e criar separadores, o que facilita a gestão de vários documentos em simultâneo. Está disponível para Windows, MacOS, Linux, iOS e Android.






A melhor alternativa ao Office para utilizadores do Mac. Este software não foi inicialmente concebido para ser compatível com o Office, mas os seus developers foram adicionando algumas funcionalidades que o possibilitam. Os ficheiros do Office podem ser importados para o iWork e editados no Pages, Numbers ou Keynote. Este software também está disponível para os dispositivos móveis, e está sincronizado com a iCloud.





O Google Docs dispensa grandes apresentações. Esta ferramenta da Google consiste num Office online, que pode facilmente editar em simultâneo com outros utilizadores, partilhar e exportar, caso pretenda usar o ficheiro offline. Esta ferramenta da Google oferece muitas funcionalidades e é compatível com DOC, XLS e PPT, permitindo também que se importe ficheiros criados no Microsoft Office.

9 Softwares grátis para designers

8. Gliffy

O Gliffy é um software online que te permite criar desenhos, gráficos e diagramas. É extremamente útil para quem pretende criar mapas mentais e organizar fluxos de estratégias de Marketing Digital.

7. GIMP

O GIMP é um ótimo software para Designers que você pode usar para várias atividades como composição, retoque e conversão de formato de imagens. É um software bem popular e muito utilizado por amantes de Linux, já que iniciou como uma alternativa para Designers amantes das distribuições pinguinianas.

6. Inkscape

O Inkscape é também um dos softwares grátis mais populares usados no design. É um editor de vetores gráficos com capacidades semelhantes de programas como CorelDraw e Illustrator.


Canal sobre mobilidade urbana - Como eu vou ?

 



Como eu Vou? É um canal que aborda assuntos sobre meios de transportes alternativos, comparação e custos de determinadas escolhas. O canal é da Suzana Bueno, vale a pena conferir, ela tem uma comunicação muito boa e clara.


Canal do Youtube: https://www.youtube.com/c/Comoeuvou

Facebook: https://www.facebook.com/canalcomoeuvou

170+ Escolas e empresas de cursos de inglês em Nova York

Esta lista é o resultado de uma pesquisa feita através do Google Maps, não esta ordenada e não tem nenhum vinculo com instituições de ensino ou alguma empresa. 





Nome: Accel Learning 

Endereço: 1317 Paterson Plank Rd, Secaucus, NJ 07094, Estados Unidos 

Site: accellearning.com 

Fone: +1 844-422-2355


Nome: Accent Brazil Languages 

Endereço: Mailing address 720 Bathurst St LESSONS AT, 192 Spadina Ave, Toronto, ON M5S 2R4, Canadá 

Site: accentbrazil.ca 

Fone: +1 647-808-5077


Nome: Accent Reduction and ESL for Business 

Endereço: Daniel Saunders, 119 Newark Ave, Jersey City, NJ 07306, Estados Unidos 

Site: eslforbusiness.com


Nome: Accent Reduction and ESL Instruction 

Endereço: 333 7th Ave, New York, NY 10001, Estados Unidos 

Site: eslforbusiness.com 

Fone: +1 917-969-3857


Nome: Accent Reduction Training Association - New York City 

Endereço: 1 Rockefeller Center, New York, NY 10020, Estados Unidos 

Site: speak-well.org 


Nome: AccentsOff Speech and Voice Improvement 

Endereço: 57 W 57th St, New York, NY 10019, Estados Unidos 

Site: accentsoff.com 

Fone: +1 212-729-1304


Primeiros brasileiros a dar a volta ao mundo de veleiro

A Família Schurmann vem escrevendo há quase 30 anos uma história de como sonhos podem se tornar realidade se houver vontade, coragem e planejamento.

Primeiros brasileiros a dar a volta ao mundo de veleiro, os Schurmanns já cruzaram os 3 oceanos e 7 continentes do planeta em suas aventuras pelos mares que começaram em 1984, quando deixaram a segurança da vida em terra firme em busca de um sonho vivido em família.


Acesse: http://schurmann.com.br/

Milù e Simba, dois gatos que viajavam pela Europa em uma van

Simba e Milù apareceram na porta de Martina nos Alpes italianos em fevereiro de 2018 e nunca foram embora.

Martina descobriu que ambos haviam sido abandonados e os recebeu, apesar de estarem sempre em movimento. Depois de se mudar com eles por um período semi-curto, algumas vezes, ela decidiu explorar o mundo com eles em uma pequena casa / trailer.




Acesse: https://thenomadcats.com/

Favoritei no YouTube

Girl in a jacket

Favoritei no TikTok

Girl in a jacket